Imagem

Fisioterapia do Trabalho

A Fisioterapia do Trabalho é uma união bem sucedida entre a necessidade ocupacional, prevenção, promoção do bem estar, resgate da saúde e reabilitação do trabalhador. Atua através dos aspectos da biomecânica, exercícios-laborais e a recuperação de queixas ou desconfortos físicos. A abordagem enfoca o indivíduo nas suas características e hábitos de vida, com sua técnica e trabalho.

O Fisioterapeuta do trabalho, além de ter conhecimento das técnicas terapêuticas, aborda os processos de produção, administração e leis trabalhistas para avaliar, prevenir e tratar os distúrbios ou lesões decorrentes das atividades de trabalho. Hoje a saúde nas empresas não prioriza unicamente periódicos, vacinas ou higiene do trabalho, mas busca também a saúde integral baseando-se na definição da OMS: “Saúde é o estado de completo bem-estar físico, mental e social e não simplesmente a ausência de doença ou enfermidade”.

Os programas de saúde são integrados buscando a prevenção, promoção de saúde e/ou qualidade de vida com equipes interdisciplinares. O fisioterapeuta do trabalho com especialização em ergonomia possui condições de atender a empresa junto aos programas de saúde, acompanhando empregados afastados, realocando-os em novos postos e funções, assessorando a empresa junto ao INSS e atuando nos programas de ergonomia da empresa, através de treinamentos como “Transporte e Levantamento de Carga”, assim como na elaboração de AETs (Análise ergonômica do trabalho). O profissional com formação clinica pode também planejar e gerenciar clínicas de fisioterapia no ambiente de trabalho com vista a atendimentos de casos agudos – emergências e crônicos -, utilizando recursos como eletroterapia, RPG, acupuntura e outros.

Política de Qualidade do Projeto: Proporcionar aos nossos clientes um Sistema de Gestão em Promoção da Saúde do Trabalhador, conforme as Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho.

Proposta para gestão do Projeto (atuação):

- Ginástica Laboral (coordenação e orientação de programas);
- Clinica de Fisioterapia (Atendimento ambulatorial, cinesioterapia, RPG, acupuntura e outros);
- AET’s (Análise Ergonômica do Trabalho);
- Avaliação de condicionamento físico (coordenação e orientação de programas);
- Programa de Qualidade de Vida;
- Treinamentos;
- Palestras;
- Quick Massage.